Rodrigo Moraes - Advocacia e Consultoria em Propriedade Intelectual

Rodrigobanner 1Escritóriobanner 2Livros

INPI entrega certificado de IG relativo ao Bordado Filé de Alagoas

Autor: INPI

O presidente do INPI, Luiz Pimentel, entregou nesta quinta-feira, dia 4 de agosto, o certificado de Indicação Geográfica (IG), na espécie Indicação de Procedência (IP), relativo ao Bordado Filé, durante cerimônia realizada em Maceió (AL). No evento, o presidente do Instituto destacou o renome do produto local e o potencial de agregação de valor após o reconhecimento da IG.

O requerente da IG foi o Instituto Bordado Filé das Lagoas de Mundaú-Manguaba (Inbordal), representante dos artesãos locais que preservam a tradição e repassam o saber-fazer de uma geração para outra. O território inclui cerca de 252 km² , envolvendo o Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba e áreas vizinhas.

Patrimônio cultural imaterial do estado

De acordo com o Inbordal, o Filé é uma técnica de bordado realizado numa superfície de fios tramados. Ainda segundo o Instituto, embora haja referências que relacionem sua origem ao Egito antigo, pode-se atribuir a procedência à Península Ibérica. A partir daí, a técnica chegou ao Brasil (ainda no período de colônia), consolidou-se e aprimorou-se em regiões como a das Lagoas Mundaú e Manguaba. Vale ressaltar que o Bordado Filé está registrado como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Alagoas.

Entendendo a Indicação Geográfica

O registro de IG permite delimitar uma área geográfica, restringindo o uso de seu nome aos produtores e prestadores de serviços da região (em geral, organizados em entidades representativas). A IG possui duas espécies: Indicação de Procedência (IP) e Denominação de Origem (DO).

A espécie Indicação de Procedência se refere ao nome de um país, cidade ou região conhecido como centro de extração, produção ou fabricação de determinado produto ou de prestação de determinado serviço.

Já a espécie Denominação de Origem reconhece o nome de um país, cidade ou região cujo produto ou serviço tem certas características específicas graças a seu meio geográfico, incluídos fatores naturais e humanos.

Atualmente, o Brasil já reconheceu 57 Indicações Geográficas, sendo 40 Indicações de Procedência e 17 Denominações de Origem.

Visita à FIEA

Também no dia 4 de agosto, o presidente Luiz Pimentel esteve na Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA), onde se encontrou com dirigentes e discutiu temas relacionados à Propriedade Intelectual.

Rodrigo Moraes

Av. Estados Unidos, 528, salas 1115 e 1116, Ed. Joaquim Barreto de Araújo,
Comércio, Salvador, Bahia, Brasil. CEP: 40010-020
Telefax: 55 71 3243-2549 / 55 71 3341-3697 | contato@rodrigomoraes.adv.br
/RodrigoMoraesAdvocacia

RANDERNET