Rodrigo Moraes - Advocacia e Consultoria em Propriedade Intelectual

Rodrigobanner 1Escritóriobanner 2Livros

Produtores de café do Norte do Paraná e de doces de Pelotas querem reconhecimento

Autor: INPI

Representantes das associações das doceiras de Pelotas e dos produtores de café na Região Norte do Paraná apresentaram ao INPI pedidos de registro de indicação geográfica para a proteção de seus produtos. As doceiras indicaram dezesseis tipos de doces mais tradicionais e a associação paranaense conta com uma tradição que começou com plantação de café em 1927.

De acordo com a presidente da associação das doceiras de Pelotas, Izabel Cristina Louzada, na metodologia de elaboração dos doces, foram levadas em conta as características tradicionais e a questão da segurança alimentar. Segundo a coordenadora-geral de Outros Registros do INPI, Maria Alice Calliari, em termos de documentação, este é o primeiro pedido de indicação geográfica que apresenta dezesseis regulamentos de uso. Este fato deve contribuir para orientar outros pedidos para a proteção de produtos com várias modalidades, considera Calliari, citando o caso dos fabricantes de rendas.

A associação dos produtores da Região Norte do Paraná, segundo seu representante Fernando Schwanke, é constituída de trezentos produtores, responsáveis por 50% do café cultivado no Paraná. Para o reconhecimento do produto da região, conta-se com as características diferenciadas de sua fabricação e a longa tradição de seu cultivo. Ambos os pedidos de Indicação Geográfica foram formalizados em parceria com o Sebrae.

Outras Leis

Outros Artigos

Rodrigo Moraes

Av. Estados Unidos, 528, salas 1115 e 1116, Ed. Joaquim Barreto de Araújo,
Comércio, Salvador, Bahia, Brasil. CEP: 40010-020
Telefax: 55 71 3243-2549 / 55 71 3341-3697 | contato@rodrigomoraes.adv.br
/RodrigoMoraesAdvocacia

RANDERNET